A vida das pedras

Borges escreveu que é ao outro, a Borges, que as coisas sucedem…

Parece tentador pensar que as coisas todas acontem a alguém que não nós, nem que para tanto seja preciso atribui-las a nossos duplos. Se  tudo é tal como o rio que flui, como pretendeu Heráclito, ideia alguma poderia ser mais coerente; na transitoriedade absoluta, cada instante é natimorto ( e, por essa visão, seria natural pensar que nós mesmos também o sejamos).

Em algum ponto do Fausto, Mefisto responde sobre sua identidade:

Quem sou? Parte da força que, empenhada no mal, o bem promove.

[…], pois tudo

Quanto nasce merece ser aniquilado;

Portanto, era melhor não ter nascido.

Cosmovisão tenebrosa da totalidade do universo: o engano é nascer;  o triunfo é o estorvo. Tudo se dissipa no fluxo da existência.

Mas aprender é criar metáforas – tudo quanto desconhecemos é sempre descrito nos termos alheios daquilo que já nos é conhecido. E minha metáfora predileta para  a vida não é a do fluxo, mas a da pedra; signo de força e ordem – nada traduz igual a revolta silenciosa. Fascina-me sua resistência às intempéries, sua contenda contra as erosões que a matam enquanto (belamente) a esculpem. Lembro que João Cabral enunciou as lições da Pedra – pela dicção ela começa…

a lição de moral, sua resistência fria

[…] a de poética, sua carnadura concreta

a de economia, seu adensar-se compacta.

Quero essa poética mineral.

A pedra (e Borges bem sabia)  quer, sobretudo, sempre ser pedra – e isso só lhe basta. Tenho a impressão de que é à pedra que as coisas realmente sucedem.

12/05/2009

As odes e os orbes minerais.

As odes e os orbes minerais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: